INOVAÇÃO E PRÉMIOS

Estamos a tecer o futuro através de tecidos sustentáveis e de elevado desempenho

 

“Cork-A-Tex” é sinónimo de inovação revolucionária aliada a materiais têxteis de cortiça de última geração, não existindo atualmente no mercado mundial um produto idêntico. Mas há mais: o processo de produção também é NOVO. Um conjunto de equipamentos e infraestruturas completamente inovadoras trabalham em interligação e entre as várias etapas do processo de produção.

CORK-A-TEX é sinónimo de inovação de materiais e produtos

Os nossos substratos têxteis com aditivos de cortiça são uma inovação revolucionária em relação ao estado da arte dos materiais têxteis com cortiça. E atualmente não há produtos similares no mercado mundial….

Este produto é também patenteado internacionalmente.

CORK-A-TEX é sinónimo de inovação do processo industrial através de tecnologia revolucionária

Foi desenvolvida uma linha de produção completamente nova para este produto inovador.
É uma linha inovadora e pioneira a nível da tecnologia, tanto em Portugal como no resto do mundo. O revestimento de cortiça é assim elaborado num equipamento completamente automático e especialmente desenvolvido para o efeito, o que permite melhorar substancialmente as caraterísticas do fio revestido, nomeadamente a aderência dos aditivos da cortiça, a uniformização do revestimento e a capacidade de produção.

Conquistas e reconhecimento internacional

• Prémio Produto Inovador: INOVATÊXTIL 2015. Setor da Indústria Têxtil, Portugal
• Prémio Sustentabilidade – Itechstyle Summit 2019. Setor da Indústria Têxtil, Portugal
• Product Innovation Award – Portugal Home Week. Setor de produtos para a Casa/ Apima & Aicep, Portugal
• Techtextil Innovation Award – 2019, categoria Novos Materiais. Alemanha.

Apreciações do Júri internacional da Techtextil: Importa destacar o último galardão, “Techtextil Innovation Award – 2019, categoria Novos Materiais”, considerado o maior prémio mundial na área da inovação têxtil, tendo aumentado exponencialmente o interesse e o valor deste projeto. Esta foi a primeira vez que um projeto português recebeu este prestigiado prémio mundial.

A cortiça é um produto biológico renovável e, como é sabido, é usada para vedar garrafas de vinho. Na busca por aumentar a sua sustentabilidade, a indústria da cortiça desejava encontrar uma solução para os seus desperdícios que, atualmente, são incinerados. Foi assim que os investigadores descobriram que estes desperdícios podem revestir os fios têxteis de forma a criarem um fio de cortiça. O júri reconheceu o esforço da Sedacor em tornar a indústria da cortiça mais sustentável. A queima de resíduos, mesmo que estes sejam biológicos, não é a solução mais sustentável. A Sedacor procurou soluções fora do seu setor e das suas competências e encontrou a resposta nos têxteis. Ao dar uso a estes desperdícios, surgiu um novo tipo de fio de cortiça, que mantém o toque, características e o aspecto natural deste material e que irá permitir o desenvolvimento de novos têxteis.

premio itechstyle 2019
premio techtextil2019
premio portugalhomeweek2019
20191120_164050
20191230_181151